3/09/2008

Guia da Fórmula-1 - Toyota

Quanto dinheiro sem destino...

(Clique na capa para baixar e ampliar)

Modelo: TF 108
Motor:
Toyota
Responsável: Tsutomu Tomita
País:
Japão/Alemanha

Status: Equipe média
Em 2007:
6º lugar, 13 pontos.


Em 2007: Como em boa parte de sua história na Fórmula-1, a excessão é a temporada 2005, a Toyota inciou e terminou o ano da mesma forma: brigando por posições intermiediárias no grid com seus pilotos despreocupadamente brigando para chegar ao final das provas algo que, nos dias bons, rendia até alguns pontos ao time sem, claro, representar algo que fizesse com que o retorno financeiro aparecesse.


Expectativas: A expectativa, como nos outros anos, é que não se jogue muito dinheiro fora. Em todas as temporadas a Toyota prometeu vitórias para os próximos dois anos e dessa vez assusta até mesmo a falta de promessas do time japonês que não foi bem na pré-temporada apesar do melhor tempo obtido em Barcelona por Jarno Trulli que, reconhecidamente, foi para a pista com o carro mais leve.

Ponto Positivo: Embora não sejam muito bem aproveitados, a estrutura que a equipe tem à disposição, aliada a enorme verba são de dar inveja à qualquer time que deseje trabalhar sério.

Ponto Negativo: A falta de comunicação entre o lado japonês e o lado europeu do time é algo que joga pela janela todo o dinheiro e estrutura à disposição do time. O lado japonês insiste em acreditar que a melhor forma de crescer é devagar e sempre, mesmo quando o desempenho é bem ruim. Os europeus não aceitam essa mentalidade e o resto fica à cargo da sorte...

PILOTOS

11-JARNO TRULLI

País: Itália
Nascimento: 13/07/1974
Altura: 1,73 m
Peso: 60 kg
Corridas: 181
Vitórias: 1
Poles: 3
Pontos: 183
Melhores Voltas: 0
Em 2007: 13º, 8 pontos.



Expectativa: O simpático e alegre italiano é um daqueles pilotos que ninguém mais aguente ouvir falar. Eterno leão de treino, ainda não mostrou a que veio na equipe alemã. A expectiva acerca de Trulli é que ele consiga andar constantemente na zona de pontos para que não seja renegado àuma equipe menor ou siga os passos de seu último companheiro de equipe que, em 2008, participará do DTM na Alemanha

Ponto Positivo: Caso consiga aproveitar nas corridas as boas posições de largada que comumente conquista, ele terá certamente em 2008 um ano melhor.

Ponto Negativo: Blá

12-TIMO GLOCK

País: Alemanha
Nascimento: 18/03/1982
Altura:
1,74 m

Peso:
70

Corridas:
4

Vitórias:
0

Poles:
0

Pontos:
2

Melhores Voltas:
0

Em 2007:
Campeão da GP-2 Series.



Expectativa: Um estreante com passagem pela Fórmula-1. É assim que se pode definir a "Phoenix" Timo Glock que, após andar pela equipe Jordan, perdeu as esperanças na Fórmula-1 mas que recuperou a boa imagem após humildemente disputar e vencer o campeonato da GP-2 no ano passado, a principal categoria de acesso à Fórmula-1. Sua meta agora é provar que pode ficar e para isso um bom começo seria bater o experiente companheiro de equipe. Provável que consiga.

Ponto Positivo: Reestréia na Fórmula-1 com o moral alto por ter conquistado o título da GP-2.
Ponto Negativo: O excesso de vontade por vezes arruinou um bom trabalho plantado por Glock em momentos vitais de sua carreira. Na Fórmula-1 ele não pode repetir esses erros.

1 comentários:

regys_silva disse...

vai tomar pau da williams...de novo!!!