10/12/2008

Vale tudo

Massa e Hamilton mostram suas armas... e Alonso se aproveita para vencer segunda prova seguida...


- Não era o que se esperava. O inglês Lewis Hamilton passou a semana inteira dizendo aos quatro cantos que não se arriscaria na briga pelo título mundial. Mas... no momento em que a Ferrari deixou claro que Kimi Raikkonen brigaria contra ele para defender Felipe Massa aí tudo mudou.

- Foi Raikkonen quem tracionou melhor com a autorização de largada. Na aproximação da curva uma bobeada permitiu que Hamilton chegasse e fizesse das suas. Ele espalhou a curva, tocou em Raikkonen e o que se viu foi um carnaval de Ferraris e McLaren para fora da pista. Sem que ninguém abandonasse foi pior para Hamilton que, perdendo rendimento ficou atrás de Massa. Ao tentar ultrapassá-lo foi tocado pelo brasileiro que, justiça seja feita, jogou sempre limpo em 2008. Os dois foram punidos e caíram para as últimas posições, mas o rendimento de Felipe foi melhor.

- Destaque para o ritmo do brasileiro no final da prova. Após receber o toque de Bourdais quando tentava se recuperar para fazer a última parada nos boxes ele vinha andando cerca de 2 segundos mais rápido que Heidfeld, o 9º e Webber o 8º. Com isso os dois foram ultrapassados quando faltavam menos de 8 voltas. Destaque para a ultrapassagem sobre o australiano da Red Bull onde os dois quase se tocaram com Webber vendendo muito caro a posição.

- A punição de Bourdais após o final da prova fez com que Felipe conquistasse 2 pontos contra nenhum de Hamilton. Em meio ao caos e à toda situação desfavorável à Ferrari em Fuji, Massa saiu de lá descontando os mesmos pontos que descontaria caso vencesse a corrida com Hamilton em segundo, algo impensável diante do domínio inglês. O vitorioso do domingo foi então o brasileiro que, caso conquistasse mais uma posição, poderia ainda contar apenas com seus próprios resultados para conquistar o título no próximo dia 2 no Brasil. Por outro lado, Lewis Hamilton ainda pode ser campeão do mundo no próximo domingo caso vença e Massa conquiste menos de 4 pontos.

E Alonso?

- Apenas pela 3ª vez na temporada um piloto venceu duas corridas na sequência. Primeiro Hamilton venceu Grã Bretanha e Alemanha, depois Massa venceu Valência e Spa, agora Alonso vence em Cingapura e Japão. Impressionante se pensarmos o ritmo que a equipe não apresentava até Cingapura, quando vitória caiu em seu colo.

- Hoje não, após a confusão entre as McLarens e as Ferarris na primeira curva Kubica e Alonso ganharam as posições. Alonso tentou a liderança, mas com sua experiência preferiu recolher e escoltou Kubica até parar nos boxes e conquistar a liderança. A partir daí apenas fez abrir vantagem e não deixou a mínima chance para que o polonês conquistasse a segunda vitória da carreira. Vitória incontestável do espanhol bicampeão do mundo. Incontestável e merecida pois, sem aparição do Safety Car, ele ainda pôde calar seus críticos.

- A partir daí fica uma pergunta no ar. A Renault realmente se recuperou? Se o problema era o entendimento dos pneus e este está solucionado, logo é possível esperar que os franceses mais uma vez apresentem um bom carro em 2009. Se assim for já é possível ter certeza do destino de Alonso para a próxima temporada. Acabou o mistério. Ele teria apenas um ano de contrato, como ele mesmo quer, e um carro competitivo.

- E Kubica com o segundo lugar ainda se colocou na briga pelo título. 84 para Hamilton, 79 Massa e 72 Kubica. São 7 pontos de diferença para Massa e 12 para o inglês. Só não dá para acreditar mais pois a BMW perdeu rendimento na parte final da temporada.

1 comentários:

Miss S disse...

Nossa!
O que foi aquela ultrapassagem do Massa fazendo com que ele conseguisse pontuar?!?!
Me arrepiei!!!
Foi show!!!