3/25/2008

Notas: Mundo Veloz-Malásia

Ninguém leva 10 pelo "Mundo Veloz" esta semana, mas Kimi Raikkonen é escolhido o melhor dos pilotos...

- O finlandês Kimi Raikkonen, vencedor do Grande Prêmio da Malásia ficou com nota 9 do "Mundo Veloz" e foi eleito o melhor dos pilotos da prova. De qualquer forma nenhum piloto ou equipe ficou com a nota 10. Na parte de baixo mais umavez foi impossível perdoar Felipe Massa e Kazuki Nakajima, quem também entrou na lista negativa foi Bourdais.

- Amanhã aqui no "Mundo Veloz" as médias do "Ranking Blog" com a média das notas do Mundo Veloz, do Blog F1, do F1 Grand Prix e do Blig Groo.

Grande Prêmio da Malásia

PILOTOS

Kimi Raikkonen: Largando da segunda posição foi prudente na largada e conquistou com certa facilidade a liderança nos boxes após uma bela volta pré-pit. Conquistaria a vitória facilmente mesmo sem o abandono de Felipe Massa pois seu ritmo de prova era melhor que o do companheiro: 9

Robert Kubica: Mais uma vez foi bem na classificação, porém, foi bem também na largada dessa e imprimiu bom ritmo de prova. Foi líder com os pit stops da Ferrari e terminou bem à frente de Kovalainen: 8

Heikki Kovalainen: Punido no sábado com a perda de 5 posições caiu para 8º. Na corrida foi sempre muito veloz e na estratégia de box conquistou o pódio que estava nas mãos de Trulli. Largou e chegou à frente de Hamilton: 7

Jarno Trulli: Merecia o pódio, em especial pela bela classificação no sábado. O quarto lugar é um resultado que há muito a Toyota não conquistava e tudo isso foi possível devido à uma bela sequência de voltas. Não fosse o pit stop e teria conquistado o pódio: 8

Lewis Hamilton: Não teve culpa na punição de sábado, embora a mesmoa tenha sido justa, erro do time que poderia ter tê-lo alertado. Largando de trás teve a dificuldade com o ritmo de prova, se atrapalhou tentando passar Webber e chegou bem atrás de Kovalainen: 5

Nick Heidfeld: Protagonizou o momento mais bonito da ao ultrapassar de uma vez Fernando Alonso e David Coulthard. Foi atrapalhado na classificação e pegou tráfego na prova em momento difícil, isso impediu que conseguisse melhor posição. No final da prova ainda fez a volta mais rápida da corrida: 7

Mark Webber: Muito bem na classificação ele ficou em sexto mas foi beneficiado pela punição aos pilotos da McLaren largando em 4º. Mostrou que seu ritmo de prova realmente nunca iguala ao dos treinos, mas teve como méritos sua defesa aos ataques de Lewis Hamilton: 7

Fernando Alonso: Pontuou de novo, mas admitiu que isso só foi possível devido ao abandono de Massa. O carro não correspondeu, mas o que dependeu do bicampeão foi bem executado: 6

David Coulthard: Levou ferro de Webber na classificação e na corrida. Foi ultrapassado por Heidfeld e Alonso em um intervalo de 2 retas. E nem havia alguém para por a culpa: 5

Jenson Button: Passou perto da Superpole no sábado e manteve o bom ritmo na corrida. Melhor que Barrichello: 6

Nelson Piquet: Estreou na Malásia, onde cumpriu seu objetivo de chegar ao final. Mais que isso, não perdeu posições e nos treinos sempre esteve próximo ou à frente de Alonso: 5

Giancarlo Fisichella: O carro não aguenta o tranco da classificação, mas dessa vez o italiano imprimiu bom ritmo de prova e chegou em 12º, à frente da Honda de Barrichello: 5

Rubens Barrichello: Largou atrás de Button e escoltava Nelson Piquet na prova. Em seu segundo pit stop ultrapassou o limite de velocidade sendo punido mais uma vez. 2 corridas e 3 punições, essa é a temporada de Rubens que dessa vez culpou quem pintou a faixa demarcatória no chão. As piadas devem voltar em breve: 2

Nico Rosberg: Irreconhecível. Na classificação foi apenas o 16º e na corrida tocou-se com Glock no último momento em que chamou atenção: 3

Anthony Davidson: Assim como Sato é refém do carro, esse mesmo texto deve se repetir até o fim da temporada. Dessa vez ficou à frente do companheiro: 3

Takuma Sato: Impossível extrair algo dessa bomba que pilota e ainda ficou atrás de Davidson: 2

Kazuki Nakajima: Tem pontos no campeonato mas nas 2 corridas do mundial chegou em último lugar. Está faltando velocidade: 3

Sebastian Vettel: Não conseguiu em Sepang o mesmo ritmo de Melbourne na classificação. Na corrida tinha ritmo mediano até ser a nova vítima do motor Ferrari: 3

Felipe Massa: Fez uma bela pole position mas, apesar da boa largada, não foi rápido o suficiente para se manter na liderança e, que a perdeu, se desequilibrou e jogou tudo fora na rodada em que foi parar na brita. A câmera On Board, única imagem disponível, não deixa claro o que aconteceu mas é evidente que ele errou. Os líderes do campeonato estão se distanciando: 3

Adrian Sutil: Reclama do carro que realmente não é bom. Enquanto isso Fisichella faz o que pode e fica à sua frente. Não teve culpa no abandono: 2

Timo Glock: Mais uma vez foi à superpole. Na corrida tocou-se com Rosberg e abandonou na primeira volta: 5

Bourdais: Mal na classificação, errou na primeira volta e abandonou: 0

EQUIPES

Ferrari: Mais rápida nos treinos, faria dobradinha tranquila não fosse o abandono de Massa. Está lidando bem com a situação do brasileiro: 9

BMW: Depois de 2 corridas não se sabe se é melhor em corrida ou em treinos. Em Melbourne foi melhor na classificação e em Sepang na prova. 2 corridas, 2 pódio: 8

Renault: Quando um bicampeão credita o ponto conquistado à um abandono é sinal que tem algo errado: 5

Williams: Os pilotos foram culpados pelo mau resultado, aliás, a equipe está gastando dinheiro demais com reposição do bico de seus carros nas corridas: 5

Red Bull: Webber e Coulthard hoje podem dizer que tem carro para chegar entre os 10 melhores sem muito esforço: 7

Toyota: Nas 2 corridas colocou seus 2 carros na superpole. O pódio na Malásia escapou por pouco. Será que agora vai?: 7

Toro Rosso: Seus pilotos não conseguiram extrair muito do carro na classificação e na corrida o motor deixou Vettel na mão: 1

Honda: Mais uma vez um de seus pilotos passaram perto da superpole e Button ainda repetiu o ritmo na corrida. Dessa vez o time não teve culpa nenhuma na punição de Barrichello: 5

Super Aguri: Lentos... muito lentos. Dependem de más atuações para conseguir posições: 2

Force India: COmpletou pela primeira vez uma corrida com Fisichella. Posição razoável, 12º: 4

McLaren: Poderia avisar seus pilotos no sábado para não ficarem na trajetória ideal de pista enquanto poupavam combustível, responsabilidade de estrategista. Devido à esse erro os dois pilotos perderam 5 posições no grid e na corrida o time ainda se atrapalhou com a roda dianteira direita no pit de Hamilton: 3

4 comentários:

Ron Groo disse...

Ficou muito bom...
Agora... Pensador? hehehehe valeu!

Loucos por F-1 disse...

Foi muito fácil essa vitória do Raikkonen, mereceu um 9 pq nem precisou de muito esforço.

Abraço!

Leandro Montianele

Felipe Maciel disse...

Hamilton: 5
Rosberg:2
Bourdais:2
Barrichello: 2
Kovalainen: 8
Heidfeld: 6
Alonso: 7
Vettel: 4
Trulli: 9
Kubica: 9
Glock: 4
Raikkonen: 8,5
Button: 6
Sato: 2
Nakajima: 3
Coulthard: 3
Fisichella: 5
Sutil: 2
Massa: 2
Webber: 8
Piquet: 6
Davidson: 4

Equipes:

McLaren: 5
Williams:2
BMW: 8
Toro Rosso: 3
Honda: 4
Renault: 6
Toyota: 8
Red Bull: 7
Force India: 5
Super Aguri: 3
Ferrari: 7

Blog F1 Grand Prix disse...

Suas notas foram mais ou menos parecidas com as minhas. Só fui um pouquinho mais rigoroso com o Massa do que você...

Grande abraço!

Gustavo Coelho